Igrejas Protestantes Históricas no Palácio do Planalto

anajure planalto

No dia 11 de março o ministro-chefe da Secretaria-Geral da Presidência da República, Gilberto Carvalho, comandou reunião do governo com líderes das igrejas históricas do Brasil.
Participaram da reunião líderes da Igreja Metodista do Brasil, Igreja Presbiteriana Independente, Convenção Batista Nacional, Igreja Evangélica Luterana do Brasil, Igreja Presbiteriana do Brasil, Exército da Salvação, Igreja Presbiteriana Unida, Associação de Missões Transculturais do Brasil e da Associação Nacional de Juristas Evangélicos.

Na pauta, discussões sobre Plano Nacional de Educação, Marco Regulatório das Organizações da Sociedade Civil e demais assuntos sobre liberdade religiosa.
"Queremos estimular diálogos e parcerias. Queremos que as igrejas, sem se partidarizar, possam ser mais ouvidas, sendo assim estimuladas a ampliar suas ações em benefício do nosso povo", afirmou Carvalho.

Preocupados com o Plano Nacional de Educação (PNE) os líderes religiosos pediram maior participação e que o plano seja voltado para valores e não para ideologias. Além disso, os lideres evangélicos querem que a FUNAI reavalie a entrada dos missionários em áreas indígenas.

A Associação de Missões Transculturais Brasileiras (AMTB) e o Conselho Nacional de Pastores e Líderes Evangélicos Indígenas (CONPLEI) acusaram a FUNAI de impedir o acesso dos missionários junto as tribos indígenas que há anos recebem apoio espiritual e social das igrejas.

Gilberto Carvalho fez um discurso reconciliador. Próximo das eleições e com o apoio das igrejas sendo questionado, o ministro afirmou: "O governo não deve ditar o rumo da sociedade, não pode ser ditador para a sociedade, querer impor temas em debate", alertou Carvalho. "Mas temos que criar mecanismos que facilitem e ampliem o debate".

Na sequência dessa reunião aconteceu o evento da ANAJURE – Associação Nacional de Juristas Evangélicos – sobre liberdades civis fundamentais no auditório do Superior Tribunal de Justiça.
Na fotografia documentando o evento, além de representantes de igrejas históricas, diretores da ANAJURE - Dr. Uziel Santana e Dr. Jean Regina.

  • 047
  • 048
  • 054